10.1.07

SEM PRESSA

TEXTO RETIRADO!

15 comentários:

blugaridades disse...

Que se passa contigo? Ainda agora chegaste e já vais fazer uma pausa? Vais sentar-te na soleira, sem pressa, à espera de quê? De quem? Dá-lhe a mão e caminha com ele. Está velho? Como envelheceu? Com o tempo ou a dureza da vida fê-lo envelhecer rapidamente?
Eu gosto da tua companhia. Serei obrigada a parar? Levanta-te, ajuda-o a levantar-se e caminhemos juntos.Os três.Sem pressa!
Voltarei! Será a pressa que me faz partir?
Beijinhos amigo. Daqui da serra.Um pouco mais acima.

Bela disse...

:) Fez-me sorrir este teu texto.Coisas simples...

Abraço

Alexandre disse...

Boa, também vou deitar fora os telemóveis, as chaves do carro, as roupas mais ou menos de marca, os relógios, os anéis - já nem os tenho - e vou dedicar-me mais àquilo que me rodeia... quem me dera poder fazê-lo... um dia hei-de conseguir...

Parabéns por este texto. Está simples mas tem tem muita força, geralemnte são as coisas simples as mais importantes.

Um abraço!

Anónimo disse...

Para quem não gostar do minimo de conforto, para quem não tiver despesas, quem não tiver filhos para alimentar e sustentar, esta era uma boa vida! mas a realidade não é bem essa. Também eu gostava de não andar sp a correr, de ter tempo para fazer e me dedicar ás coisas que gosto. Infelizmente a vida é uma luta e no nosso país, pior ainda...

Beijokas

lifeyes disse...

Simplicidade :)

Cláudia disse...

Devia ser obrigatório todos pararmos 5 minutos diários numa qualquer soleira de porta a ver quem passa.

Um bom dia!

Anónimo disse...

As coisas simples da vida são as mais verdadeiras, as que nos fazem sorrir.
bjs
MDB

sónia disse...

:) tão bom ler....

BlueShell disse...

Dorme com os Anjos…sonha por mim…
BShell

Scarlett disse...

As coisas simples são as mais bonitas não é?

Eu ando sempre tão à pressa e agora pergunto-me porquê.

Anónimo disse...

Poucos dias depois do Natal, ia eu na rua a colocar o MP3 oferecido pelos pais, quando um sem abrigo me pede uma moedinha. Acenei que não e continuei a descer a rua. Parei uns passos à frente e fiquei a pensar. Voltei atrás e despejei-lhe nas mãos todas as moedas que tinha. Quando ele me ia dizer obrigado, disse-lhe: não, eu é que agradeço a sorte que tenho.

Anónimo disse...

:)
Apetecia-me ficar convosco á soleira, mas não posso, é Janeiro e não há descanso...

Beijo

Claudia disse...

bonito texto...
deviamos dar importancia às coisas mais simples... Seriamos muito mais felizes se de um pequeno momento fizessemos uma festa...

Lusófona disse...

As pessoas estão condicionada a uma vida mecanizada, não percebem as belezas da vida, das pessoas, dos animais, da natureza.

E quanto mais "correm", mais precisam "correr" e menos vivem com qualidade só com quantidade...

Há muito tempo mudei o meu estilo de vida, reparo mais nas pessoas, em seus sentimentos. Quanto mais vivo com "simplisidade", mas a minha vida torna-se bonita e feliz...

Bjs e felicidades

مؤسسة سحر اللمسات للمقاولات والديكور disse...

شركة ديكور بالرياض
شركة تشطيبات بالرياض
شركة ورق جدران بالرياض
شركة صيانة بالرياض
شركة أعمال جبس بورد بالرياض
شركة ترميم بالرياض
شركة تركيب حجر طبيعي بالرياض
شركة مقاولات بالرياض
شركة كسر رخام بالرياض
محل ومعرض شوكولاته بالرياض
شركة تنسيق حدائق بالرياض